Triste realidade aqui também

28 06 2012

A matéria de capa do Journal de Québec hoje é sobre o triste fim que podem ter os animais de estimação que são abandonados na Sociedade Protetora dos Animais – SPA. Segundo a reportagem, a cada ano, cerca de 11.000 animais são deixados na instituição, alguns são adotados e os outros podem ser eutanasiados caso a capacidade máxima da Socidade Protetora seja ultrapassado.

Ainda segundo a matéria, 50% dos animais são abandonados durante o verão, período que as pessoas aproveitam para se mudar.  O diretor da Sociedade Protetora lembra ainda que o 1º de julho (conhecido como o dia da mudança aqui em Québec) ainda não chegou e já alcançou 70% da capacidade máxima.

Pelo que eu vejo, a maioria das pessoas aqui escolhem primeiro o imóvel que vão morar e não se preocupam se o proprietário do imóvel aceita animais ou não. Se não aceitar, não tem problema, eles abandonam na Sociedade Protetora dos Animais ou levam para eutanisiar em alguma clínica, coisa que eu já vi acontecer.

Nós temos duas gatas, que vieram do Brasil com a gente, e eu jamais moraria em um local em que elas não pudessem morar. Elas já são membros da família e abandoná-las seria um ato de crueldade, como abandonar um filho. É uma pena que nem todo mundo pense desse jeito.

Se alguém tiver interesse em adorar um animalzinho de estimação aqui em Québec, entre em contato com Société Protectrice des Animaux de Québec – SPA.

Um abraço e até a próxima!

Lucas

Anúncios




O sonhado verão

22 06 2012

O verão começou oficialmente hoje, mas o calor já reina absoluto por aqui há vários dias. Com o sol se pondo depois das 9 da noite e a temperatura mais que agradável, voltar pra casa depois do trabalho é uma tarefa difícil.

Depois de tantos meses com neve e frio, aproveitar o verão é quase uma obrigação. Todos os dias (quando não está chovendo), depois do trabalho, vamos curtir o clima e pegar um bronze em algum parque ou se refrescar na piscina do nosso prédio.

Durante  esse tempo quente, uns dos lugares que eu mais gosto de ir é o Village Vacance Valcartier. É um parque aquático muito bacana que fica a 30 minutos do centro de Québec. Esse ano compramos o ticket que vale para todo o verão. Diversão garantida para os finais de semana e feriados! 🙂

Como conheço pessoas que moram aqui há dois anos e ainda não conheciam o parque, fica a dica para todos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Falando em calor, essa semana à temperatura chegou a 31°C com sensação térmica de 40°C. Como as casas aqui são feitas para reter o calor por causa do inverno rigoroso, você pode imaginar o forno que fica dentro de casa. E viva o ar condicionado!  \o/

Se eu passar algum tempo sem escrever aqui no blog, vocês já sabem o motivo…

Um abraço e até a próxima!

Lucas





O resultado da nova politíca de imigração

12 06 2012

O Ministério de Imigração e Comunidades Culturais do Québec – MICC divulgou no mês de março, o boletim estatístico sobre a imigração permanente no Québec para o ano de 2011. Segundo o boletim, o Québec recebeu 51.737 imigrantes em 2011, o que representa uma queda de 4,2% em comparação ao ano 2010 (53 982).

Com relação ao restante do Canadá, o relatório mostra que a queda foi ainda mais acentuada. Em 2011, o Canadá recebeu 248.660 imigrantes, o que corresponde a uma redução de 11,4% no número de imigrantes em relação ao ano anterior (280,691).

Já o número de brasileiros que chegaram ao Québec durante o ano de 2011 (605) foi 39% menor do que em 2010 (987), como mostra o gráfico abaixo. Com o processo mais caro, difícil e lento, o resultado não poderia ser diferente.

Devemos aguardar agora os próximos resultados para saber se 2011 foi apenas um ano atípico ou se a tendência da política do governo é de reduzir o número de imigrantes a cada ano.

Um abraço e até a próxima!

Lucas





Cota de importação no retorno ao Canadá

4 06 2012

Eu disse em um post há algumas semanas, que gosto de ir aos EUA pra fazer compras, pois normalmente os produtos são mais baratos, e dependendo do produto, as taxas não são cobradas, mas nem tudo é festa, não posso passar um final de semana nos EUA e comprar o que eu quiser. Assim como quando voltamos para o Brasil, existe também uma cota que devemos respeitar quando voltamos para o Canadá.

A regra para a cota de importação no Canadá é diferente da do Brasil, aqui, os valores e a quantidade de alguns produtos que você pode trazer é definida pela quantidade de dias que você passar fora do país. Antes de mais nada, é importante frisar que essa regra vale apenas para os residentes canadenses, ou seja, não se aplica a turistas.

A partir do dia 1 de junho de 2012 a cota para importação aumentou. Seguem os valores antigos e os novos (a cota para importação cigarros e bebidas alcoólicas continua a mesma):

• Mais de 24 horas:

Antes : C$50

A partir de 01/06/12 : C$200

Sem direito a trazer cigarros ou bebidas alcoólicas

• Mais de 48 horas:

Antes: C$400

A partir de 01/06/12 : C$800

200 Cigarettes and 50 Cigars and 200g of loose Tobacco.

1.14L of spirits, 1.5L of wine, or 24 bottles or cans of beer.(8.5L)

• Mais de 7 dias:

Antes: C$750

A partir de 01/06/12 : C$800

200 Cigarettes and 50 Cigars and 200g of Tobacco

1.14 litres of liquor or 1.5 litres of wine.

Se você quiser saber mais sobre o assunto, leia as especificações na íntegra, no site da Agência Canadense de Serviços Fronteiriços (Canada Border Services Agency) em ingles ou francês.

Um abraço e até a próxima!

Lucas





Taxas e impostos – Parte 2: Québec Vs. Outras províncias do Canadá

28 05 2012

O Québec tem a terceira maior taxa para compra de bens e serviços entre as 13 províncias do Canadá. A taxa provincial do Québec (TVQ), que  era de 8,5%, aumentou para 9,5%  em janeiro de 2012 e dizem que no ano que vem pode ter mais aumento. Alguns produtos e serviços em Québec não são taxados nem pelo governo federal e nem pelo provincial, como os produtos alimentares de base e a maior parte dos serviços de saúde.

Exemplos de alimentos não taxados:

– Carnes, cereais, frutas, legumes, ovo, pão, peixe, leites e derivados.

Para saber mais sobre os produtos e serviços que não são taxados, consulte a lista completa no site do Revenu Québec (em francês).

A taxa federal (TPS) é de 5% para todas as províncias e a taxa provincial pode variar ou  simplesmente são ser cobrada, como no caso das quatro últimas províncias da tabela abaixo.

Para quem quiser fazer simulações sobre quanto vai pagar de taxa em qualquer província do Canadá, aqui vai um site bem legal.

Província Taxa Efetiva em % A cada $ 100
Provincial + Federal
Prince Edward Island 15,5% 15,50 $
Nova Scotia 15,0% 15,00 $
Quebec 14,975% 14,98 $
New Brunswick 13,0% 13,00 $
Newfoundland and Labrador 13,0% 13,00 $
Ontario 13,0% 13,00 $
British Columbia 12,0% 12,00 $
Manitoba 12,0% 12,00 $
Saskatchewan 10,0% 10,00 $
Alberta 5,0% 5,00 $
Northwest Territories 5,0% 5,00 $
Nunavut 5,0% 5,00 $
Yukon 5,0% 5,00 $

A soma das taxas no Québec é de 14,5%, sendo 5% da TPS e 9,5% da TVQ, mas como a TVQ incide sobre a TPS, a taxa efetiva cobrada no Québec é de 14,975%.

Um abraço e até a próxima!

Lucas





Taxas e impostos – Parte I: Québec Vs. EUA

21 05 2012

Quando chegamos ao Canadá, começamos a comparar os preços de vários produtos vendidos aqui com o preço desses mesmos produtos vendidos no Brasil. De carro à maquina fotográfica, nada escapava da nossa comparação. Ficamos pasmos em saber a quantidade de impostos que pagamos no Brasil e felizes por agora poder comprar produtos que antes não poderíamos.

O mais engraçado de tudo, é que depois de um tempo morando no Canadá, começamos a fazer comparações com os preços dos produtos nos Estados Unidados e acreditem, ficamos pasmos com a quantidade de taxas e impostos que pagamos aqui no Canadá, fora a diferença no preço do produto. Talvez para quem ainda esteja no Brasil, não veja tanta diferenca assim, mas pra quem já acostumou com o custo de vida canadense, a diferença pode ser grande.

Aqui no Québec, na compra de bens ou serviços, pagamos 5% de taxa para o governo federal (TPS) e 9,5% de taxa para o governo provincial (TVQ), porém, a taxa do provincial incide também sobre a taxa do federal. É o que chamamos no Brasil de imposto sobre imposto. É bem complicado, mas vou tentar explicar de uma outra forma.

Digamos que você vai comprar um produto no valor de $ 100 $. Primeiro, você deve calcular os 5% de taxa do governo federal. O subtotal então seria $ 105. Agora, você deve jogar em cima dos $ 105 a taxa de 9,5% da taxa provincial, ficando um valor total de 114,98. Se fosse simplesmente a soma das duas taxas, o valor da mercadoria seria de $ 14,50. Pode parecer uma diferença boba utilizando um exemplo de $ 100, mas tente calcular com  $ 10 000.

Normalmente, os produtos nos EUA  são mais baratos que no Canadá, sem falar das taxas que em algumas cidades dos Estados Unidos não são cobradas (dependendo do produto). Vou dar um exemplo, queremos comprar um robôzinho que passa pano no chão, o Mint. Ele custa aqui sem taxas $ 249,00. Nos EUA, ele custa $ 199,00 também sem taxas. Com as taxas eu teria que pagar $ 286,29 aqui em Québec e $ 211,94 em Boston (taxa de 6,5%). Diferença de $ 74,35.  🙂

No próximo post continuo esse assunto…

Um grande abraço e até a próxima!

Lucas





Coisas bizarras???

14 05 2012

Quem me conhece sabe que adoro estatística e o nosso blog nao poderia ficar de fora das minhas análises. Depois de muito tempo afastado , fui dar uma conferida pra ver como andavam as nossas estatísticas e algo muito curioso me chamou a atenção.

Muitas pessoas utilizam sites como o Google para fazerem pesquisas e acabam parando no nosso blog por algum motivo, mas adivinhem qual é o assunto mais procurado nas ferramentas de buscas para chegar ao blog? COISAS BIZARRAS. É isso mesmo, 9% das pessoas que visitaram o nosso blog a partir de um site de busca procuravam por « coisas bizarras ».

O motivo de acharem nosso blog? Eu explico. A Roberta escreveu uma vez sobre algumas carnes estranhas que encontramos no supermercado e fez uma tag sobre essas coisas bizarras. A partir daí começamos a aparecer nas pesquisas sobre bizarrices.

Mas não fique desanimado. Se você chegou até aqui procurando por coisas bizarras, vou facilitar seu trabalho e deixar alguns links de presente 🙂

Oddee

Madlyodd

Buzzfeed

Apenas por curiosidade, o segundo assunto mais procurado é vagas de emprego em Québec (8%), seguido por salário médio no Canadá (7,3%) e projeto Canadá (3,4%).

Um grande abraço e até a próxima!

Lucas