Desse jeito, não tem como se enganar

22 04 2010

Depois do episódio da carne de cavalo, nós ficamos espertos na seção de carnes do mercado e lemos todos os rótulos para não levar coisas indesejadas pra casa.

Mas eis que um dia estávamos procurando por algo, quando nos deparamos com isso aí:

Tudo bem, eu sei que existem várias pessoas que comem coelhos, mas eu jamais esperei ver o bicho desse jeito no mercado.

Impossível confundir a carne com tanta informação explícita rs rs rs.





Cultura inútil

14 04 2010

Coisas que se vemos aqui em Ville de Quebéc:

– Os motociclistas não andam no “corredor”. Ficam na fila como se fossem carros.
– Há muitos gatos passeando de guia com seus donos.
– Os meio-fios são feitos de granito. Você também encontra algumas mesas de granito em certos parques.
– Dizem que a cidade só tem duas estações : o inverno e as obras nas ruas. Realmente, a cidade fica completamente esburacada após o inverno.
– Ao invés de salgadinhos e docinhos, nas festas infantis tem bandejas com brócolis, couve-flor, aipo, cenoura e pimentão, todos acompanhados com molhinho. E as crianças realmente comem isso. Bebida, só suco ou leite.
– Tira-se o sapato para entrar em casa. No inverno, tira-se a bota na entrada seja em casa ou no trabalho.
– A maioria das pessoas é baixinha. Não me pergunte o motivo.
– Idosos não têm prioridade nas vagas, mas as vagas de deficiente são muito maiores que as do Brasil.
– Nunca vi ninguém escovando dente após o almoço rs rs.
– Há dificuldade de encontrar vagas para estacionar e é preciso ficar de olho se não há plaquinhas indicando o dia e horário para parar o carro em certos dias da semana. Vejo muitos carros sendo multados.
– As latinhas de alumínio (cerveja e refrigerante) são trocadas por dinheiros em máquinas que ficam nos mercados. As garrafas de vidro (long neck) também, mas são trocadas no caixa do mercado.
– Recicla-se bastante o lixo e as pessoas realmente colaboram.
– As pessoas possuem mais gatos do que cachorros.
– Você mesmo abastece seu carro.
– O trânsito é complicado e as pessoas são bem barbeiras rs rs.
– Escuta-se muita música antiga nos locais.
– As pessoas deixam na rua móveis e eletrodomésticos que não querem mais e você acha muita coisa boa.
– As pessoas ficam mais alegres nos dias ensolarados.

Isso é o que eu me lembro por enquanto.
Enfim, só cultura inútil rs rs rs





Dando Notícias e Dicas sobre o mercado de 3D

6 04 2010
Olá, pessoal!

Faz tempo que eu não escrevo aqui no blog, mas o motivo é nobre, tenho estudado muito… Meu curso termina no final do ano e, a cada aula que passa, os professores mandam mais trabalho para casa. É um curso muito prático, então quanto mais eu me dedico mais eu aprendo. No tempo livre (raro no momento) tenho que me dedicar a tutoriais sobre animação na internet, como Digital Tutors e The Gnomon Work Shop e também a um projeto pessoal de um pequeno filme. Toda essa dedicação tem um motivo: quero conseguir um emprego na área já no primeiro semestre de 2011 e tenho que fazer um bom portifólio pra isso.

Pra quem deseja estudar animação 3D ou programação de jogos aqui em Québec:

Collège Bart

Collège O’ Sullivan

Cégep de Ste-Foy

Cégep de Limoilou

Um link muito legal para quem deseja trabalhar na área de games no Canadá é o site da AFJV  (Employment Portal for the Canadian Video Game Industry) que é um portal de ofertas de empregos onde todas as empresas da área divulgam suas vagas. Para quem quer trabalhar com jogos, Montreal e Québec são as melhores opções, agora, para quem quer trabalhar com filmes, o melhor é Vancouver. Porém, um curso em Québec custa no máximo $7.500.00 ao ano e em Vancouver $ 47.000.00, que dizem ser a melhor escola de animação, a VFS.

Pra acabar o post, vou colocar aqui o último trabalho que fiz:

Projeto By Digital Tutors

Um grande abraço,

Lucas