De volta ao Québec

15 08 2009

Chegamos no dia 12 de novo em Québec, mas somente agora que foi possível dar notícias. Os últimos dias no Brasil foram extremamente corridos, havia muitas pendências para fechar. O bom é que conseguimos deixar o apartamento já alugado.

A viagem correu bem e o embarque das gatas correu conforme esperado. Antes de sair de casa, dei gotinhas do Acepran para elas, conforme a veterinária passou. Em poucos minutos elas já estavam meio sedadas. A preparação para a viagem internacional deve começar com as caixas, que devem ter furos em todas as laterais e também atrás. Deve ser colocado no chão da caixa um tapete higiênico, caso o animal queira fazer alguma necessidade. Também deve ser acoplado um bebedouro e comedouro na porta. Eu usei comedouros de aves.

Vale a dica de chegar mais cedo do que o costume para desenrolar o embarque dos animais. Demorei mais de 40 minutos no guichê da TAM esperando o preenchimento da papelada. Para o embarque doméstico, é necessário entregar as carteirinhas de vacinação e cópia do atestado de saúde. Tomei o cuidado de etiquetar o nome das gatas nas caixas e o endereço de entrega, caso algo acontecesse.

Ao chegar em São Paulo, entreguei as meninas para a simpática Rosana da Sysbrac. Infelizmente, ainda eram 14:30 e o voo só saia às 20:00, então elas ficaram sozinhas bastante tempo. Para o embarque internacional (no caso de ter de contratar uma empresa despachante), foram pedidos os seguintes documentos: declaração autenticada em cartório informando o envio dos animais, procuração em cartório permitindo o embarque pela empresa, cópias simples autenticadas do RG e CPF, copias simples do passaporte e da minha passagem aérea, atestado de saúde original e cópias, CZI e cópias e a carteirinhas de vacinação originais e cópias. O CZI foi emitido no aeroporto de Brasília, mas ele informava que as gatas sairiam de São Paulo. No caso de Brasília, não foi necessário marcar horário para pegar o CZI, porém em alguns outros estados é preciso. Para pegar o CZI é necessário o atestado de saúde e as carteiras de vacinação. Os animais não precisam ir junto.

Chegando em Toronto, fomos questionados porque viajamos ao Brasil e moça me pareceu incrédula quando eu disse que não tinha comprado nada por lá. Trouxemos um quadro com uma foto do nosso casamento e deu trabalho explicar aos atendentes que aquilo já me pertencia e que eu havia declarado este item ao entrar no Canadá pela primeira vez. Atenção nesta parte, se você pretende enviar/levar itens posteriormente ao Canadá. Declare tudo, pois a lista será pedida e eles conferem mesmo.

Quando a empresa despachante fez a reserva da viagem das gatas, somente foi possível embarcá-las numa conexão para Québec posterior à nossa, mas no momento do embarque vimos as meninas sendo despachadas no mesmo voo que o nosso. Se eu não estivesse sentada na janela e no lado onde eles colocam as cargas no avião, não ficaria sabendo que elas chegariam ao mesmo tempo que nós.

Em Québec, fui buscá-las no escritório da Air Canadá Cargo e foi preciso voltar ao Bureau de Duana no aeroportoo para pagar uma taxa de inspeção dos animais. Custa CAD$ 55,00. No escritório da Air Canadá, mais CAD$ 40,00. Esteja preparado.

Por fim, elas chegaram bem, porém muito assustadas. Estão se adaptando bem ao novo apartamento e explorando a nova morada.

Ah sim, uma de nossas malas não veio no nosso voo e o pessoal da Air Canadá foi entregá-la somente no outro dia.

Faz muito calor por aqui e já estamos no nosso apartamento definitivo, mas sobre isso eu falo depois, pois este post já está enorme rs rs.

Seguem algumas fotos das gatas que cruzaram os oceanos.

Gatas preparadas para o embarque

img 007

A lendária Rosana da Sysbrac

img 009

Gatas já em solo canadense explorando a casa nova

img 011

img 012

img 013

img 016

Anúncios

Ações

Information

12 responses

15 08 2009
Manuela

Roberta,

Que bom que correu tudo bem com a viagem das meninas! Agora só falta aprenderem a miar em francês. rs.

Bjoes!

16 08 2009
Lely

Que bom que correu tudo bem na volta!
Não sabia que eles conferiam tudo que vc leva ou traz…

Eu tb viajarei com meu gatinho, então gostei bastante das dicas. Tem bastante coisa importante que é muito bom saber.

Boa sorte no novo apto. 🙂

Abraços,

Lely

16 08 2009
Bárbara

Roberta,
suas gatas são a coisa mais linda!!!
Que bom que elas chegaram bem e parecem já estar bem adaptadas!
Beijo, Bárbara.

17 08 2009
Thanya

Telas na varanda! Telas na varanda!
Que bom que correu tudo bem com as gatas 🙂 Vc estava tão aflita com isso…

Bjs!

17 08 2009
Paulo Kanawati

Ola, muito legal o relato da viagem das gatinhas.

Vc poderia me tirar uma duvida? Esse remedio que as gatinhas tomaram teve efeito de quantas horas? Minha maior preocupacao é que o efeito acabe antes da chegada e os animais sofram todo o stress da viagem.

Obrigado.

17 08 2009
Jayson Barretti

Que legal que o retorno foi bom! Ocorreu tudo bem.

Esse depoimento é muito importante para nós que desejamos levar também nossos “pet filhos” para Québec também. Nós temos uma fêmea de Schnauzer, Breeze.

Estamos tendo dificuldades em encontrar um apartamento que aceite pets, pelo menos em minhas pesquisas.

Vocês poderiam me aconselhar uma imobiliária, corretora ou pesquisa que vocês fizeram para alugar um apartamento que aceitam pet, por gentileza.

Agradecemos MUITO desde já.

Abraços pra vocês.

Jayson e Leandra.

17 08 2009
Thiago Ticchetti

Fala pessoal! Que bom que tudo correu bem na viagem.
Lucas, infelizmente não estava aqui para rever você antes de ir, mas boa sorte aê brother.
Muita sorte para vocês e fiquem aí mais uns 15 anos…afinal o LG vai estudar no exterior, quem sabe Canadá! HAHAHAHAHAHA

bjs a todos.

18 08 2009
Marcos

Olá Roberta,

Vi que seu marido é ADM, mas no entanto li que vc é a requerente principal.
Tô precisando enormemente contacto com ele!
Os processos conheço etc etc.. é algo mais ligado mesmo a área de ADM.

Grato,
Marcos
alvim.marcos@gmail.com
marcostadeu007@hotmail.com

18 08 2009
Alice

Ah, que alívio ver as gatinhas adaptadas! Sempre me dá um aperto ver os gatos na caixinha durante a viagem.

bjs

19 08 2009
Cinthya

Ola,

Adorei ter encontrado o blog de voces, ontem recebi a convocacao para a entrevista em SP (moro em Bsb) e voces tiraram muitas duvidas que eu tinha. Eu ficaria muito grata, se for possivel, voces me enviarem os dados de contato do professor particular de frances que voces contrataram.

Valeu e tudo de bom para voces!

starway27@hotmail.com

25 08 2009
petula

tadinhas das fofuchas!!! é terrível a quantidade de (des)informação com as companhias aéreas, seus sites web, suas informações por telefone e o “ao vivo”…

bem, o fundamental é ter dado tudo certo. fofuchas intactas!
🙂

[]s
p

25 05 2010
Levar ou não seu animal de estimação? « Diego e Melina Rumo a Quebec

[…] sobre a adaptação dele lá e, principalmente sobre a saúde. No blog Projeto Canadá tem esse post sobre como foi o embarque de animais para Quebec e esse outro sobre a experiência de levar os […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: